10 janeiro 2010

escritores procuram desemprego

"Se um dia eu descobrir que roubaram algo que escrevi e estão ganhando dinheiro com isso, não vou ficar inerte. No dia seguinte descobrirei quem está pagando, e já no terceiro dia mando um currículo com foto dizendo que meu trabalho segue uma linha editorial semelhante" - disse o aspirante a escritor desempregado.

2 comentários:

Ana Billet disse...

Como eu digo sempre...hoje em dia todo mundo é escritor...todo mundo é jornalista...é fotógrafo e DJ...
beijos da Ana Billet

Cauê Maia disse...

dizem que o escritor/fotógrafo/dj é o paralelo atual da antiga atriz/modelo/dançarina.