25 outubro 2011

É inverossímil demais pra ser mentira.

Mas, se fosse ficção, ninguém acreditava.

Nenhum comentário: